Fale Conosco: 86 3233 3540 Av. Gov. Gayoso e Almendra, 211, São João
Nossos Horários: Seg - Sex: 7:00 - 18:00 Sab: 7:00 - 11:00

Perguntas frequentes

O que é Endocrinologia?

Muitas pessoas acreditam que o médico especialista em Endocrinologia, o endocrinologista, cuida basicamente de problemas relacionados à obesidade e ao emagrecimento. Isso não é um equívoco. Esta é apenas uma das áreas de atuação da Endocrinologia. Basicamente, esse especialista cuida de todo o sistema glandular do indivíduo e do seu metabolismo.

E o que é metabolismo?

É o mecanismo através do qual as células do nosso corpo guardam (anabolismo) ou queimam (catabolismo) a energia, através de reações químicas.

Existem doenças que alteram o metabolismo, afetando funções como o ganho ou a perda de peso, por exemplo. O profissional especialista em Endocrinologia e Metabologia é o que pode fazer a avaliação de como está o metabolismo do indivíduo e de como isso pode estar impactando no seu organismo.

Quando é que se deve tomar a decisão de procurar um especialista em Endocrinologia?

Nos seguintes casos:

• Sempre que o indivíduo desejar perder ou ganhar peso, por qualquer razão, é importante a consulta a um especialista em Endocrinologia.
• Sempre que a pessoa observar qualquer dificuldade para perder ou para ganhar peso.
• Todas as vezes que o indivíduo apresentar alteração anormal de peso, para mais ou para menos.
• Mesmo sem alterações de peso, quando a pessoa apresentar sintomas como distúrbios do sono, cansaço excessivo ou dificuldade para dormir; distúrbios de humor; dores de cabeça; problemas na pele; nódulos perceptíveis; excesso ou queda de pelos; e, no caso das mulheres, distúrbios menstruais.

Entretanto, muitas vezes os sintomas não chegam a se manifestar. Por isso, são importantes os check ups anuais, com exames de sangue, para que se verifiquem as taxas hormonais e os níveis de colesterol e glicose. Após isso, o paciente poderá ser encaminhado a um acompanhamento pelo profissional de Endocrinologia, caso seja notada alguma alteração.

Alimentação altera os resultados dos exames de colesterol e triglicérides?

Sim, principalmente os triglicérides. Embora não mude o colesterol total, altera as frações de colesterol.

A atividade física altera os resultados dos exames?

Dependendo do exame, sim. Por exemplo: glicemia, hormônio de crescimento, prolactina, fator VIII de coagulação, CPK, hemograma, entre outros.

Como os usuários de insulina fazem para coletar sangue?

Venha ao laboratório em jejum pela manhã e traga sua dose de insulina para tomar no laboratório após a coleta de sangue. Tome a insulina junto com um lanche oferecido pela Endoclínica.

O que é dieta habitual?

É o que a pessoa costuma comer no seu dia-a-dia.

Algumas das principais patologias nas áreas de Endocrinologia e Metabologia:

• Distúrbios da Tireóide;
• Diabetes;
• Déficit hormonal feminino (menopausa);
• Déficit hormanal masculino (andropausa);
• Distúrbios da menstruação;
• Puberdade precoce;
• Excesso de colesterol e triglicérides;
• Osteoporose;
• Excesso de pelos;
• Doenças da hipófise;
• Alterações de pressão;
• Disfunções das glândulas supra renais / Adrenais;
• Problemas do crescimento;
• Obesidade.

O que é a glândula tireoide?

A glândula tireoide é uma estrutura em forma de borboleta localizada na frente de seu pescoço, logo abaixo de suas cordas vocais. Ela produz dois hormônios, a triiodotironina (T3) e tiroxina (T4), que ajudam a regular o seu metabolismo, que é o processo de como o seu corpo usa
e armazena energia.

O que são nódulos da tireoide e quem está em risco de tê-los?

Um nódulo de tireoide é uma massa de tecido tireoidiano que cresceu ou um cisto cheio de líquido que se forma na tireoide. Nódulos são muito comuns. As chances de desenvolver nódulos aumenta à medida que você envelhece. Embora os sintomas não sejam comuns, um nódulo grande pode, às vezes, causar dor, rouquidão ou atrapalhar a engolir ou respirar.

Os médicos se preocupam com nódulos da tireoide porque eles podem às vezes ser cancerígenos. O câncer de tireoide é encontrado em cerca de 8% dos nódulos nos homens (8 em cada 100) e em 4% dos nódulos em mulheres. Assim, cerca de 90% dos nódulos de tireoide são benignos (não cancerosos).

A causa da maioria dos nódulos benignos não é conhecida, mas eles são, muitas vezes, encontrados em membros de uma mesma família. Em âmbito mundial, a deficiência de iodo na dieta é uma causa muito comum de nódulos.