WhastApp (86) 99858 9000 Av. Gov. Gayoso e Almendra, 211, São João, Teresina-PI
Nossos Horários: Seg - Sex: 7:00 - 18:00 e Sab: 7:00 - 11:00
Osteoporose e Atividade Física

Osteoporose e Atividade Física

A prática regular de exercícios físicos é uma estratégia preventiva primária, atrativa e eficaz, para manter e melhorar o estado de saúde física e psíquica em qualquer idade, produzindo efeitos benéficos diretos e indiretos para prevenir e retardar as perdas funcionais do envelhecimento, reduzindo o risco de enfermidades e transtornos frequentes na terceira idade.  A maioria dessas perdas funcionais se acentua com a idade devido ao desuso e à diminuição do condicionamento físico.

Existe um aumento crescente de estudos controlados que demonstram resultados significativos do treinamento de força muscular de alta intensidade para idosos, no aumento da força muscular e da hipertrofia muscular, mesmo quando os sujeitos apresentam faixas etárias avançadas. Há uma redução no risco de fratura de colo de fêmur em 6% para cada hora de caminhada semanal.

O exercício retarda a perda óssea em mulheres na menopausa e diminui o risco de quedas por aumento da isocinética do músculo extensor do joelho e por redução da instabilidade postural nos pacientes idosos. Em indivíduos com idade maior que 65 anos, a importância maior de recomendação de atividades físicas regulares reside na prevenção de quedas por meio da obtenção de uma massa muscular maior, uma vez que aproximadamente 40% dos indivíduos idosos caem, no mínimo, uma vez ao ano.

No Tai Chi Chuan (exercício chinês), existem movimentos flexíveis e lentos, assim como a coordenação entre consciência e respiração, proporcionando a liberação das tensões corporais de seus praticantes. Sua prática favorece ainda a coordenação mental e o controle de movimentos de todo o corpo, além de ser prático em sua realização, pois não são necessários grandes espaços nem equipamentos. Desta forma, esta prática é particularmente apropriada para indivíduos idosos e por ser individualizada, não cansativa e de natureza não competitiva, facilita a aceitação e aderência.

Fonte: BANDEIRA, Francisco, SOARES FILHO Manoel Aderson. Osteoporose. In: Tratado de Endocrinologia Clínica, 2 ed, AC Farmacêutica, 2014. 277-288.

Adicionar comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.